segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Você conhece o quilling? Quer começar a fazer?
A primeira coisa  é cortar as tirinhas de papel de  3 milímetros de largura com a tesoura ou estilete.
Hoje já se encontra no mercado tirinhas já cortadas e a ferramenta para enrolar, o que facilita bastante o trabalho.
Você pode usar um palito de dente para passar a cola e fechar as tirinhas de papel, assim evita o excesso de cola, deixando o trabalho mais limpo e caprichado.

A primeira forma do Quilling é o círculo fechado
   


Agora vamos a segunda forma  que é o círculo aberto

    
Depois de fazer esse círculo  aberto, você pode partir para as próximas peças que começam a dar formatos às figuras.



Gotas, olhos, triângulos, quadrados, etc...com essas peças vc pode formar diversos desenhos!
Aqui vai um exemplo:

 Flor
Pegue  1 tira de papel amarelo corte ao meio e faça um círculo fechado que será o miolo de sua flor.
Agora pegue  8 tiras do papel vermelho e faça 8 círculos abertos do mesmo tamanho , depois dê o formato olho aos círculos , formando as 8 pétalas da sua flor.
Cole a bolinha amarela no centro e a sua volta as pétalas.
Alinhe as pétalas antes de colar para que não dê diferença nos espaços entre elas.
Usando as tirinhas de papel verde, faça peças no formato folha e cole ao lado da flor, conforme o desenho.



Borboleta
Pegue 4 tiras do papel azul  e faça 4 peças do formato gota que serão as asas de sua borboleta . Depois pegue  uma tira de papel preto , corte ao meio  e com uma parte faça uma peça no formato espada que será o corpo de sua borboleta. Agora use a outra parte do papel preto e com apenas ¾ faça um círculo  apertado que será a cabeça da borboleta e com o restante da tira faça a forma antena. Posicione e depois cole a cabeça, o corpo e a antena da borboleta e depois as asas. Sua borboleta está pronta!
Ao lado coloquei uma variação da mesma borboleta para você ter uma idéia de que apenas mudando as peças de posição, conseguirá figuras diferentes. Portanto use sua criatividade!






Nenhum comentário:

Postar um comentário